Algo A Dizer
Algo a Dizer
 

Marina

Por Angela Leite de Souza

Podem dizer que ela é lenta em tomar decisões, que não tem nenhuma experiência para governar ou mesmo gerenciar qualquer coisa, que é centralizadora. Fala-se até em oportunismo. Críticas e restrições de todo tipo nunca lhe faltaram. Não importa. O que interessa é o fato de ser ela, antes de tudo, um símbolo.

Marina Silva representa todas as mulheres pobres, sofridas, marginalizadas e lutadoras desse nosso país-continente. Seu próprio aspecto físico, frágil e despido de tudo o que pode ser rotulado de “vaidade feminina”, retrata bem a maioria do contingente que compõe metade da população brasileira. Mulheres que, segundo as estatísticas, são número cada vez mais expressivo no item “arrimo de família”, mas que também ocupam altos índices entre as vítimas de homicídios e maus tratos anuais.

A importância dessa moça que ressurge agora no cenário político, abalando uma até então esperada polarização eleitoral, é que ela igualmente simboliza a superação e a vitória. Alfabetizada somente aos 16 anos de idade, quando começa a emergir da extrema pobreza e abraça a causa ambiental, a ex-seringueira chegará a senadora, ministra e, nas últimas eleições, candidata à presidência da República que recebeu espantosos 20 milhões de votos.

Não foi a beleza, nem a inteligência fulgurante, nem algum tipo de apadrinhamento que a levou tão longe, mas uma espécie de predestinação, que só pode ser fruto de extraordinária força interior. Portanto, além de símbolo, Marina é exemplo de resiliência e coragem.

Se ela irá fincar sua bandeira verde, como presidente ou vice, no Palácio do Planalto, é muito prematuro dizer. Impossível saber também se, caso eleita, ela conseguirá pôr em prática suas ideias e ideais. Mas fica-nos, independentemente da pessoa  – falha, sim, porque humana – sua lição de vida.

Angela Leite de Souza é escritora e ilustradora, filiada à AEILIJ – Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil –, à Abipro – Associação Brasileira de Ilustradores Profissionais e à FNLIJ – Fundação Nacional de Literatura Infantil e Juvenil
Envie seu comentário:
Nome:*
Email:**
Comentário
Imagem de verificação

*Campo obrigatório
**O e-mail não é obrigatório e não será exibido no comentário
Comentários
  Maria Balé
10/11/2013

Angela, muito além da figura pública, você pontua o árduo caminha que Marina Silva trilhou para chegar até onde está. De valor incontestável, ela representa o sonho de uma grande parte de brasileiras e brasileiros. Parabéns pela sintética biografia tão bem construída! Um beijo
 
 

contato@algoadizer.com.br | Webmaster: Marcelo Nunes | Design - Pat Duarte