Algo A Dizer
Algo a Dizer
 

maria louca

Por Marcílio Godoi

dava tanto medo

a dona maria

a louca do bairro

 

que entoava nota aguda

entre o horror e o desespero

em um ponto equidistante

entre o passado e o passeio.

 

dava receio até

de ver a maria

a louca do bairro

 

que mordia o antebraço

praguejava aos quatro ventos

e me levaria com ela

segundo diziam meus pais.

 

que mais fria coisa

ter de ir com a maria

a louca do bairro

 

dos despojos encardidos

ser o novo encarregado

e lá da rua se ouvia

seu chamado em desatino.

 

e menino eu via

a dor da maria

a louca do bairro

 

tomava banho de lata

de cera da água da chuva

tinha prata nos cabelos

viúva conforme a lenda

 

que prenda cruel

prendia maria

a louca do bairro

 

que o tempo levou dali

em meus despojos percebo

entre seus gritos perdidos

eu quem a trouxe deveras

 

quem eras, maria

que o menino via

a louca do bairro?

Marcílio Godoi é arquiteto e jornalista. Mestrando em Literatura e Crítica Literária pela PUC-SP, escreve há quatro anos a Coluna "O português é uma figura", na Revista Língua Portuguesa e é autor de A inacreditável história do diminuto sr. minúsculo, (vencedor do Prêmio Barco a Vapor 2012), São Paulo, cidade invisível, uma reportagem literária sobre personagens marginais à grande metrópole (vencedor do Grande Prêmio Cásper Líbero 2002); Ingrid, uma história de exílios, a saga de uma menina em busca do passado misterioso do pai; A pequena carta, uma fábula sobre a gênese de nossa primeira reportagem, a carta de Caminha; e Pequeno dicionário ilustrado de palavras invenetas, um ensaio lúdico com neologismos da língua portuguesa

Envie seu comentário:
Nome:*
Email:**
Comentário
Imagem de verificação

*Campo obrigatório
**O e-mail não é obrigatório e não será exibido no comentário
 

contato@algoadizer.com.br | Webmaster: Marcelo Nunes | Design - Pat Duarte